Contábil / Financeira Grafotécnica e documentoscópia Degravação Informática Engenharia Agronomica Medicina Veterinária Engenharia Civil Engenharia Mecânica Engenharia Elétrica e Eletrônica Engenharia Florestal Geologia

Blog Galbiati

Informe-se com artigos e matérias na área de perícias

Contabilidade: Mitos e verdades sobre as competências necessárias de um contador

Contabilidade: Mitos e verdades sobre as competências necessárias de um contador

Contador experiente precisa ter um conhecimento amplo sobre negócios/impostos/folha de pagamento realmente são muito importantes pois tudo isso acaba gerando números que serão registrados na contabilidade invariavelmente, e como contador que assina o Balanço da empresa de fato é necessário que ele tenha conhecimentos em múltiplas áreas para ter a segurança na hora de enviar estas informações ao governo, bancos, investidores e etc.

Agora para você que é um recém formado ou estudante de contabilidade e está iniciando a sua carreira é realmente necessário que você conheça na prática, como executar/revisar e fazer do início ao fim tudo mesmo? Por exemplo, neste momento você acha que realmente conseguiria aprender as principais rotinas das quatros áreas principais ligadas a contabilidade:

– Contabilidade: CPCs/IFRS/USGAAP/Fusão e aquisições/Conversão de Balanço/Equivalência Patrimonial/Balanço/DRE/DRA/DFC/DVA/DMPL/Notas Explicativas/

– Impostos: Simples Nacional/MEI/Lucro Presumido/Lucro Real/PIS/COFINS/ISS/ICMS/DCTF/EFD Contribuições/EFD ICMS IPI/ECD/ECF/DIRF/Retenção de impostos/Substituição Tributária/Impostos de importação/Declaração de capitais estrangeiros/Exportação de serviços/Siscoserv.

– Departamento pessoal: Folha pagamento/INSS/FGTS/Rescisão/Admissão/GFIP/RAIS/CAGED/Férias/13º Salário/Auxílio Doença/Insalubridade/periculosidade/Acidente de trabalho/Calculo de horas extras/Adicional Noturno/Dissídio Coletivo/Enquadramento sindical/Desoneração da folha de pagamento;

– Legalização de Empresas: Abertura de empresas/Alterações contratuais/Inclusão de sócios/investimento de capital estrangeiro/ Inclusão de CNAE/Abertura de Filiais/Saída de Sócio por espólio/Transformação de EIRELI para LTDA/Transformação de LTDA para SA/ Alteração contratual com saída de sócio e quotas em tesouraria.

São muitas coisas de muitas áreas não é verdade?

Tanto profissionais em início de carreira quanto os experientes de fato precisam separar este tempo para aprender novas coisas estudar e se especializar em assuntos correlatos a sua área, mas tentar aprender tudo isso acima de uma vez só não vai te levar a lugar nenhum.

Sinceramente, todo contador em início de carreira tem muita coisa para aprender, tanto na faculdade quanto no ambiente de trabalho diariamente, mesmo profissionais experientes tem pouco tempo para estudar e focar em melhoria e desenvolvimento pessoal e profissional dada a correria do trabalho normal, são só algumas horas por semana que são dedicadas em função da carga de trabalho e dos prazos que precisam ser cumpridos.

Melhor ser um especialista em uma área do que um faz-tudo que não consegue terminar nada.

Na área contábil você tem várias opções de início de carreira, pode trabalhar ainda em departamentos correlatos como área fiscal e de departamento pessoal por exemplo, mas quem trabalha na área contábil acaba enxergando o todo das operações das empresas, os reflexos das ações tomadas pela administração da empresa, impactos tributários de acordo com o regime fiscal utilizado, áreas que estão gerando mais resultado positivo e outras que são deficitárias, por isso é natural que o profissional contábil conheça e aprenda um pouco de cada área para que ele mesmo consiga fazer o seu trabalho com maior eficiência e também para que ele se sinta confortável em assinar os demonstrativos contábeis das empresas.

Na área contábil os profissionais tem que ter conhecimento generalista sobre as áreas correlatas e conhecimentos profundos sobre a legislação contábil, principalmente estarem atualizados em relação ao IFRS – International Financial Reporting Standard e aos CPCs – Comitê de Pronunciamentos Técnicos pois a classificação contábil, escrituração e apresentação das demonstrações contábeis são tão importantes que muitas vezes precisamos mudar processos operacionais do cliente para que a legislação seja devidamente atendida!

 

Se você for trabalhar em um escritório de contabilidade invariavelmente vai aprender de tudo um pouco, se for trabalhar em uma empresa verá que é tudo muito segmentado, quem faz contabilidade só faz contabilidade, quem cuida de impostos só faz isso e o departamento pessoal só trabalha com os assuntos trabalhistas, então faça um favor a si mesmo e procure ser um especialista ao invés de um faz-tudo

Conclusão

Meu amigo/minha amiga, VOCÊ NÃO É OBRIGADO A SABER TUDO!

Principalmente no seu início de carreira procure focar em áreas específicas, se eu puder te dar um conselho foque na área contábil, aprenda tudo o que você precisa saber sobre normas contábeis IFRS/CPCs práticas contábeis entre empresas, contabilidade internacional e etc. pois nesse meio caminho você vai aprender muitas outras coisas relacionadas as áreas correlatas que fornecem informações para você fazer o seu trabalho, mas esse aprendizado vai ser leve, natural sem a pressão por resultados práticos na produção das informações, depois que você tiver um conhecimento sólido em contabilidade ai você pode focar em aprender mais profundamente as áreas correlatas!

Fonte: JORNAL CONTABIL

Deixar comentário

Outras matérias