Contábil / Financeira Grafotécnica e documentoscópia Degravação Informática Engenharia Agronomica Medicina Veterinária Engenharia Civil Engenharia Mecânica Engenharia Elétrica e Eletrônica Engenharia Florestal Geologia

Blog Galbiati

Informe-se com artigos e matérias na área de perícias

A IMPORTÂNCIA DE UM CONTADOR

A IMPORTÂNCIA DE UM CONTADOR

A responsabilidade do profissional de Contabilidade é grande. As empresas – públicas ou privadas – dependem de seu desempenho para seguirem competitivas no mercado. Geralmente, o contador tem influência na tomada de decisão dos empresários.

Por isso, tem que estar atento não apenas aos números, mas também à legislação. Além disso, precisa estar constantemente conectado ao mercado financeiro e às tendências da economia.

A abertura do CNPJ trata-se de um processo fundamental e, ao mesmo tempo, bem delicado para as empresas, visto que é a fase em que todas as questões ligadas ao negócio são definidas, incluindo:

  • as atividades exercidas;
  • a natureza jurídica;
  • a existência (ou não) de sócios;
  • os custos com impostos.

Tudo isso forma a base jurídica e contábil do negócio. Precisa, portanto, ser feito com bastante cuidado para que não surjam problemas posteriormente — na emissão de documentos, na geração de relatórios, na prestação de contas ao Fisco, entre outras possibilidades.

A importância do contador na rotina do negócio

A contabilidade oferece as informações necessárias para que o empreendedor tenha controle sobre o próprio trabalho.

No que diz respeito às rotinas diárias, é o contador quem orienta o empreendedor a tomar as melhores decisões.

Esse trabalho é especialmente importante já que, em muitos casos, o gestor ainda não tem condições de contratar uma equipe para ficar por conta de todas essas operações.

Pode-se dizer, assim, que a relação entre contador e empreendedor é de parceria. Lembre-se, afinal, de que ambos têm o mesmo objetivo: adotar as melhores estratégias para o negócio a fim de conseguir obter resultados cada vez melhores — sempre agindo dentro da lei.

O que faz um contador em uma pequena empresa?

De modo geral, há rotinas que são idênticas para qualquer empresa, independentemente do seu porte. Nesse caso, estamos falando de atividades:

  • contábeis (demonstrações e balanços);
  • fiscais (impostos);
  • trabalhistas (folha de pagamento e pró-labore);
  • comerciais (emissão de nota fiscal).

Nesses casos, as atividades são padronizadas e podem ser facilmente automatizadas, como os lançamentos e a entrega da declaração de imposto de renda pessoa jurídica (para empresas que têm o mesmo regime tributário).

Em relação ao início do negócio, não tem muito jeito: a maioria dos empreendedores enfrenta diversas dificuldades. E não é para menos! É preciso se organizar para que o fluxo de trabalho flua ao mesmo tempo em que dá conta das questões contábeis. É aí que o contador entra. 

Esse profissional entende as necessidades e as particularidades relativas ao porte e ao ramo de atuação da empresa (o que pode variar bastante entre um negócio e outro), buscando a partir daí lidar com toda a complexidade de suas operações da melhor maneira possível, sempre tendo a legislação como base.

Dessa maneira, ao longo de toda a parceria, ele ajuda não só indicando qual é o melhor caminho, mas também garantindo que as obrigações sejam cumpridas dentro do prazo e estejam condizentes com a realidade vivida pela empresa.

Como a Galbiati pode facilitar sua contabilidade?

Sabemos que, especialmente em início das atividades, o custo com um serviço de contabilidade é um fator de muita importância para as pequenas empresas.

Quer entender melhor como a Galbiati funciona e de que forma podemos ajudar a potencializar o desempenho do seu negócio, entre em contato conosco! Esclareça todas as suas dúvidas sobre o assunto e descubra como a contabilidade  é surpreendente.

Fonte: Contabilizei.blog

Deixar comentário

Outras matérias